SOBRE FALTAS – Ausências ao serviço – sem justificação

Publicado em Atualizado em

2. Têm os trabalhadores direito a faltar justificadamente para além das situações contempladas no n.º 2 do artigo 134.º da Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (LTFP)?
Não. No entanto, em casos excecionais e devidamente fundamentados, pode o empregador público autorizar interrupções na prestação de trabalho, durante o período de presença obrigatória, sendo estas interrupções consideradas como tempo de trabalho.
(Cfr. artigo 102.º da LTFP)

in DGAEP

Esta mensagem direcciona-se para uns abestuntas que pensam que são os donos disto tudo.

Eles faltam, entram à hora que lhes apetece e dizem que estão isentos de horário!!! 
Mas têm a put@ da lata de pedir justificação de presença ao trabalhador, por 45 minutos (como vi!! quando esta semana faltou três tardes, nem ó tio vai…)  
Dignifique a sua categoria de chefe!!!
Alguns são o cancro da nossa Administração Pública.


4 opiniões sobre “SOBRE FALTAS – Ausências ao serviço – sem justificação

    Anónimo disse:
    21 de Setembro de 2015 às 8:15

    AT compreendo a indignação. Vivi situações dessas. Neste momento sou CSAE mas tive uma chefe que procedia exatamente assim.

    Anónimo disse:
    11 de Março de 2016 às 11:36

    Chefes de serviço já não existem, agora são Coordenadores(as) Técnicos(as), mas não são especializados(as) para isso, acho que não é para qualquer um(a) ser coordenador Técnico, deviam ser licenciados(as) e terem muitos anos de formação, e muita educação a todos os níveis!

    Blogue Assistente Tecnico disse:
    12 de Março de 2016 às 0:28

    Anónimo 2, A carreira de chefe é subsistente, os que detém ainda podem ser rotulados como tal. Os novatos são coordenadores.
    Discordo com a necessidade ou obrigação de possuir uma licenciatura quem chefia.
    E conheço vários exemplos que são uma lástima. E estes nem concordam que parte da sua avaliação seja efetuada pelos seus subordinados..
    Formação, não existe simplesmente, aliás, existe, mas verifiquem que é que frequenta na maioria das vezes.
    Educação, é algo cada vez mais raro, tipo o O2.

    Anónimo disse:
    6 de Julho de 2016 às 13:54

    Existem sim senhor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s