Centro de Custos Nas Escolas – Contabilidade Pública

Publicado em Atualizado em

São vários os testemunhos partilhados de colegas que afirmam estar a preencher os campos sem terem participado em formação, as chefias não autorizaram.
Não se admirem depois os resultados desta estatística! 
Recomendo muita calma ao imputar agora as faturas…
Outros dizem-me que elementos da direção participaram na acção mas não partilharam nada no serviço. Eu sou contra algumas pessoas que têm mandatos (por regra curtos) e nem pertencem ao serviço administrativo, usufruir de determinadas formações… Ou a Chefia sabe o que faz e assume a liderança desta tarefa nada fácil, avança e posteriormente partilha ou passa a pasta!

A juntar a isto para terminar o ano em BELEZA temos o CIBE (martelar martelarrr) , temos agora a treta das faturas/SAFT-T, recomendo a quem não procedeu ao envio que o faça.
ADENDA: Até para simplificar a questão das faturas se encontrarem em OUTROS/GERAIS, é mais simples para o organismo submeter novamente o ficheiro do que o cliente/utente estar a a alterar  as faturas todas. 
Alerto de que existem ainda várias escolas sem o início de actividade e CAE desatualizados.
Preencher número de alunos por escola. Indicar os ciclos em cada estabelecimentos… 
Atualizar o número de alunos no final de cada período (pelo menos!)
Estar atento às alterações de horário/serviço. Bem sei que a direção raramente avisa os serviços de alterações… mas agora isto tem outras implicações🙂

Estou curioso por ver o ranking desta coisa!
“O Diretor desta escola é mais caro do que aquela…”

7 opiniões sobre “Centro de Custos Nas Escolas – Contabilidade Pública

    Anónimo disse:
    25 de Novembro de 2015 às 11:54

    Bom dia, tanto tempo gasto em formação e implementação e a legislação que suporta isto foi revogada faz agora dois meses pelo Dec. Lei 192/2015. Vamos aguardar muitas novidades.

    Anónimo disse:
    25 de Novembro de 2015 às 16:53

    Boa tarde. Andamos agora a alterar o CAE e a iniciar a atividade. Nas finanças disseram-nos que não podemos alterar os ficheiros enviados. Como proceder?

    Patricia Garcia disse:
    25 de Novembro de 2015 às 19:45

    Se o POCP demorou anos e anos a ser implementado imagino o SNC…

    Blogue Assistente Tecnico disse:
    26 de Novembro de 2015 às 0:05

    Portaria n.º 794/2000, de 20 de setembro

    Penso que este será diferente🙂

    Blogue Assistente Tecnico disse:
    26 de Novembro de 2015 às 0:06

    Agraciadossssss oiiii ? Onde estás ?🙂

    Anónimo disse:
    26 de Novembro de 2015 às 14:19

    Tempo gasto em formação e implementação?
    Não percebo, o DL 192/2015 só entra em vigor em 2017, a Portaria 671/2000 entrou em vigor em 2000.
    Ora portantos, hummm, 15 anos não chegaram para se fazer o inventário?!? Talvez não, mas se fizerem em 2 meses o que demoraram 15 anos para fazer de certo que as alterações que o DL 192/2015 e os restantes DLs e Portarias irão fazer não vão custar nada….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s